skip to Main Content
SINTARGS Participa Do Lançamento Do Plano Estadual De Agroecologia

SINTARGS participa do lançamento do Plano Estadual de Agroecologia

Roberto Rech representou o SINTARGS, nesta quinta-feira (3), no lançamento do Rio Grande Agroecológico – Plano Estadual de Agroecologia e de Produção Orgânica.

O governador José Ivo Sartori e o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), Tarcisio Minetto, lançaram, nesta quinta-feira (3), o Rio Grande Agroecológico – Plano Estadual de Agroecologia e de Produção Orgânica. O evento ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, e contou com a participação de autoridades estaduais, representantes federais, municipais e instituições.ocorreu no Salão Negrinho do Pastoreio, no Palácio Piratini, e contou com a participação de autoridades estaduais, representantes federais, municipais e instituições.

Este é o primeiro plano gaúcho que tem como foco a agroecologia e a produção orgânica e foi construído por um comitê gestor formado por cerca de 40 instituições, entre secretarias de Estado, governo federal, universidades e organizações não governamentais (ONGs). Coordenado pela SDR, o plano conta com ações e metas para promover a produção e o consumo de alimentos saudáveis, o uso e a conservação da agrobiodiversidade, a oferta de assistência técnica e extensão rural e social e o ensino e a pesquisa de base ecológica, de maneira transversal.

Sartori disse que este é um programa que busca o desenvolvimento sustentável para a produção rural do RS. “Respeitamos a agricultura familiar do Rio Grande só Sul porque são gente simples e humilde que coloca a mão na massa, trabalhando de sol a sol. São pequenos agricultores, pescadores artesanais, quilombolas e comunidades indígenas que precisam conciliar a geração de emprego e renda com o uso equilibrado e sustentável dos recursos naturais”, afirmou.

O Rio Grande Agroecológico propõe ações para incentivar o protagonismo de jovens e mulheres na produção de base ecológica, estimular a troca de sementes crioulas e fiscalizar o uso de agrotóxicos no entorno de propriedades em que se cultivam alimentos orgânicos. Uma ação já executada foi a criação de um espaço de orgânicos na Ceasa/RS, em Porto Alegre, que já está em operação.

This Post Has One Comment
  1. Agradecemos a presença e contamos com a parceria do Sintargs para se integrarem no avanço da Agroecologia no estado do Rio Grande do Sul. Aguardamos uma visita na Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) para pensarmos em ações conjuntas.
    Att.
    Engª agrª Agda R. Y. Ikuta
    Representante suplente da SDR no Comitê Gestor do Plano Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.