skip to Main Content
foto chapa final
Depois de muita luta para a conquista do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas, chegou o momento da primeira eleição que vai acontecer no dia 07 de setembro. Nesse processo para eleger a primeira diretoria do Conselho próprio da categoria, a FINTA-BR apoia a chapa: Mãos que Alimentam o Brasil, que tem como candidato à presidência, o Técnico em Agropecuária, Vitório Freitas. Todos os membros dessa chapa participaram efetivamente da criação do Conselho próprio, exercem a profissão de Técnico Agrícola e estão preparados para conduzir o Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas. Tem o direito de votar, os profissionais registrados no CREA e que estejam em dia com a anuidade do exercício de 2018.

Conheça os membros da chapa: Mãos que Alimentam o Brasil

Vitório Freitas – Presidente

Vitório Freitas tem 44 anos, é natural de Jordânia, Vale do Jequitinhonha, MG. É Técnico em Agropecuária, formado em 1993 na Escola Agrotécnica Federal de Machado-MG, cursou Tecnologia em Administração de Pequenas/Médias Empresas e fez especialização em Desenvolvimento Regional. Concursado da EMATER-MG como Técnico Agrícola desde 1998, é hoje gerente da Unidade Regional Belo Horizonte, trabalhando em defesa da qualidade de vida das pessoas do meio rural. Em 2013, no Ministério do Trabalho foi nomeado coordenador geral de qualificação e, como membro do Grupo de trabalho designado pela Portaria Ministerial nº 59 elaborou o Projeto de Lei para desmembramento dos Técnicos Agrícolas do sistema CONFEA/CREA, participando efetivamente e positivamente de todo processo que viabilizou a Lei 13.639/2018, que permitiu a criação do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas. Liderou todo o processo no Ministério do Trabalho, desde a elaboração do projeto de lei até a criação do tão sonhado Conselho. Vitório é o único dos candidatos que trabalhou de fato para a conquista dessa vitória, não medindo esforços para que a categoria tenha mais liberdade e independência. Quem tanto trabalhou a favor da categoria, quem fez de fato, merece sim o apoio dos técnicos agrícolas do Brasil.

Luiz Nelmo de Menezes – vice-presidente

Técnico em Agropecuária, formado pela Escola Técnica de Agricultura (ETA) de Viamão/RS em 1980, é extencionista da Ascar/Emater/RS desde 1981, sediado no município de Santa Rosa. É jornalista e radialista da Rádio Noroeste de Santa Rosa. Foi Secretário de Governo do Município de Santa Rosa (RS) e gerente regional da Ascar/Emater/RS. Medalhado do Conselho Estadual de Clubes de Mães do Rio Grande do Sul, e hoje é vice-presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Rio Grande do Sul (SINTARGS).

Danielle Aprigio da Silva – diretora de fiscalização e normas

Técnica em Agropecuária pela Escola Agrícola de Jundiaí-RN (2005), graduada em Gestão Ambiental (2013) com especialização em Licenciamento, Gestão e Auditoria Ambiental (2014) pela Universidade Norte do Paraná, atuou na elaboração de projetos do crédito fundiários de 2005 a 2009. Assumiu o concurso da EMATER-RN em 2009 como extensionista de campo, assessora de crédito e mercados institucionais, e atualmente é gestora regional. Foi diretora secretária da ASSEMA-Associação dos Servidores da EMATER-RN (2017-2019) e diretora de comunicação e imprensa do SINAI-Sindicato dos Servidores da Administração Indireta do Estado do Rio Grande do Norte (2017- 2019).

Iosmar Luiz Mansk – diretor administrativo

Técnico em Agropecuária, formado Pela Escola Agrotécnica Federal de Santa Teresa–ES (EAFST), hoje IFES Campus Santa Teresa. Graduado bacharelado em Administração, foi Gerente da Unidade do CEASA-ES de Santa Maria de Jetibá durante 5 anos. Concursado do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (INCAPER\ES), desde 2008 como Técnico em Desenvolvimento Rural (extensionista). Dedicou os últimos 27 anos de atuação à agricultura familiar e agricultura orgânica, focado na gestão das propriedades, planejamento da produção, logística e processos de comercialização, participando de diversos projetos que uniram a pesquisa à extensão. Atua na diretoria do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Espírito Santo (SINTAES) há 12 anos, exercendo atualmente o seu segundo mandato de presidente, e também o segundo mandato de vice-presidente da Associação dos Técnicos Agrícolas do Espírito Santo (ATAES). Atualmente, é diretor de comunicação da Federação dos Técnicos Agrícolas do Brasil (FINTA-BR).

Antônio Tiago da Silva – diretor financeiro

Técnico Agrícola, formado no Colégio Agrícola de Araquari, IFC (Campus Araquari) em Santa Catarina. Foi funcionário da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC), lotado na regional de Blumenau de 1982 a 2016. Foi gerente da CEASA (Unidade Blumenau), gerente regional e também foi responsável administrativo da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC)-regional de Blumenau. Foi presidente da Associação dos Técnicos Agrícolas de Santa Catarina (ATASC) e hoje, exerce a função de tesoureiro da Cooperativa de Trabalhos Técnicos Agrícolas (UNITAGRI). Atualmente, é presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas de Santa Catarina (SINTAGRI) e da Federação dos Técnicos Agrícolas do Brasil (FINTA-BR).

Vamos começar um grande movimento por todo Brasil, de Norte a Sul, de Leste a Oeste, vamos mobilizar e convocar todos os colegas Técnicos Agrícolas para participarem desse momento tão importante para a nossa categoria. E podem votar, os profissionais registrados no CREA e que estejam em dia com a anuidade do exercício de 2018.

Integrantes
vitorio
nelmo
danielle
antonio
iosmar